muito mais que lindo


na palma aberta
da minha mão
ainda em brasa
o mesmo não

não o jogo
nem repudio

como drummond
sei
que nada pode
o olvido

apenas
assopro
assim

devagarinho

e do breu
se aviva
um sim
– fosco
parco
intangível –

Anúncios

~ por jeffvasques em 16/09/2010.

2 Respostas to “muito mais que lindo”

  1. Maravilhoso! Trouxe-me imagens de uma porção de jogos de mãos abertas, estendidas, coisas da infância. Um doce de poema! Adorei!
    sonia

  2. Belíssimo. Cabe aos mais diversos momentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: