A memória – Roque Dalton


Assim eram as tardes de nossa primeira juventude
ouvíamos as Folhas Mortas My Foolish Heart
ou Sem Palavras no Hotel do Porto
e você tinha um nome claro
que soava muito bem em voz baixa
e eu acreditava nos deuses de meus antigos pais
e te contava doces mentiras
sobre a vida nos distantes países que visitei.
E nas noites de sábado
dávamos largos passeios sobre a areia úmida
descalços de mãos dadas em um profundo silêncio
que só interrompiam os pescadores em suas embarcações iluminadas
desejando-nos a gritos felicidade.

Depois regressávamos à cabana de Billy
e tomávamos um copo de conhaque frente ao fogo
sentados na pequena almofada de Lurçat
e logo eu te beijava a cabeleira solta
e começava a percorrer teu corpo com estas mãos sábias
que nunca tremeram no amor ou na batalha.

Tua nudez surgia na pequena noite da alcova
do fogo entre as coisas de madeira
debaixo da lâmpada golpeada
como uma flor rara a de todos os dons
sempre para encher-me de assombro
e chamar-me a novos descobrimentos.

E tua respiração e minha respiração eram dois rios vizinhos
e tua pele e minha pele dois territórios sem fronteira
e eu em ti como a tormenta tocando a raiz dos vulcões
e tu para mim como o desfiladeiro chovido
para a luz do amanhecer.

E chegava o momento em que eras só o mar
só o mar com seus peixes e seus sais
para minha sede com seus vermelhos secretos coralinos
e eu te bebia com a generosidade do pequenino
outra vez o mistério de toda a água junta
no pequeno buraco aberto na areia pelo menino.

Ai amor e esta é a hora poucos anos depois
em que teu rosto começa a fazer-se débil
e minha memória está cada vez mais vazia de ti.

Teu nome era pequeno e aparecia numa canção
daquele tempo.

Anúncios

~ por jeffvasques em 23/11/2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: