Baladinha nada romântica


“Eu não te amo,
querido!”

“Eu também
não te amo,
doce!”

E então
riram forte
e dançaram tangos
e se abraçaram inteiros
e se beijaram
(e a tantos!)

e assim
– sem amos –
livremente

viveram
felizes
pra

cacete.

Anúncios

~ por jeffvasques em 11/09/2013.

5 Respostas to “Baladinha nada romântica”

  1. Fantástica!

  2. que poesia gostosa! rs

  3. Jeff, é sem “amos” ou sem amor?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: